Federeração de Esgrima do Estado do Rio de Janeiro
www.esgrimarj.com.br

As armas: O Sabre

É semelhante ao florete no comprimento e no peso mas tem no seu copo uma proteção lateral.

Sabre

O sabre é a arma de duelo mais violento e ágil. A sua lâmina é mais flexível de todas as três. O atacante pode usar o sabre como um chicote em que a lâmina é tão flexível que nem o bloqueio do adversário poderá bloquear a parte frontal da lâmina do adversário que se dobra por cima da lâmina do defensor.

O sabre exige muita rapidez e uma preparação física muito grande, pois o duelo é muito rápido considerando que o toque pode ser feito não só com a ponta mas com a lâmina também, tanto quando o atacante ataca (corte) com a lâmina, como quando contra-ataca (contra-corte) com a lâmina. Em contraste aos toques violentos da lâmina, também é comum o esgrimista ser tocado, durante um combate, e nem sentir.

Superfície válida no sabre: tudo acima da cintura, exceto mãos e nuca. Superfície válida